ANTONIO DELFINO

ANTONIO DELFINO

ANTONIO DELFINO

Eis o nome de um dos maiores icones do atletismo paraolímpico. Em toda sua carreira, conquistou três medalhas paraolímpicas, sendo duas de ouro e uma de prata. Em Atenas 2004, venceu nos 400m e 200m rasos. Nascido em 71, na cidade piauiense de Redenção, teve parte de seu braço direito amputado após uma acidente de trabalho no campo, onde era lavrador.

O atleta entrou no mundo esportivo a partir do sonho de ser jogador de futebol, esporte que mais gosta depois do atletismo. Flamenguista, jogava como zagueiro nos campos de peladas de Brasília, mas percebeu que sendo amputado não poderia se profissionalizar e decidiu mudar para o atletismo. Em 1998, incentivados por amigos, começou nas corridas de ruas de Brasília, onde mora há 16 anos. Corria provas de três, cinco e até dez quilômetros. No ano seguinte, decidiu competir em provas de velocidade, pois se mostrava um corredor veloz desde os tempos do futebol. "Quando eu jogava, tinha um bom sprint" afirma o atleta.

Principais Títulos:

* Paraolímpiadas de Sydney, em 2000;

- Prata nos 400 m.

* Mundial de Lille, na França, em 2002;

- Ouro nos 100 m, 200 m e 400 m.

* Parapan-americano de Mar del Prata, em 2003;

- Ouro nos 100 m, 200 m e 400 m.

* Paraolímpiadas de Atenas, em 2004;

- Ouro nos 200 m e 400 m.

* Aberto Europeu de Atletismo Paraolímpico, na Finlândia, em 2005;

- Ouro nos 100 m e Prata nos 400 m.

* Mundial de Atletismo, na Holanda, em 2006;

- Bronze nos 200m, Prata nos 100m e nos 400 m.

* Circuito Loterias Caixa 2005,

- Dez medalhas de Ouro e duas de Prata.

* Circuito Loterias Caixa 2006;

- Quatro medalhas de Ouro.

* Circuito Loterias Caixa 2007;

- Oito medalhas de Ouro.

* Parapan-americano do Rio de Janeiro, em 2007;

- Prata nos 100 m e Prata nos 200 m.

Delfino, medalhista por natureza.

Comente isso! Comentar

  • Não existem comentários ainda, clique em comentar e seja o primeiro!